Neovia - Market outlook

Perspectivas

Em um mundo em constante evolução, a Neovia deseja prever as evoluções do mercado e transformar estas grandes problemáticas em oportunidades de crescimento, para melhor responder aos desafios de amanhã.

Crescimento da população

A população mundial possui atuamente 7,6 Bilhões de habitantes*. Segundo as últimas projeções da FAO (Food & Agricultural Organization), o crescimento demográfico mundial continuará a aumentar ao longo dos próximos anos atingindo 9,8 Bilhões de habitantes em 2050.

Este crescimento da população ocorrerá principalmente na África (+ 1,324 bilhões de habitantes), na Ásia (+ 986 milhões de habitantes) e na América Latina (+ 162 milhões de habitantes). Inversamente, a América do Norte terá um fraco crescimento (+ 93 milhões de habitantes) e a Europa uma leve queda de sua população (- 17 milhões de habitantes).

Por este motivo, a Neovia continua a consolidar suas posições na Europa e se desenvolve fortemente desde há muitos anos nestas 3 principais zonas, que representam hoje cerca de 75% faturamento e de seus efetivos.

A urbanização e o aumento da qualidade de vida

O crescimento da população é acompanhado de dois importantes fenômenos mundiais, a urbanização e o aumento da qualidade de vida.

A população urbana dos países emergentes e dos países menos desenvolvidos deveria dobrar entre 2000 e 2030 por alcançar 5,3 mil milhões de pessoas en 2030*.

Inversamente, o processo de urbanização dos países desenvolvidos torna-se mais lento (cerca de 75% da população total e 84% em 2030).

Em 2030, a Ásia e a África reunirão as maiores populações urbanas do mundo.

Aumento da qualidade de vida e dos modos de consumo alimentar

As tendências em matéria de consumo alimentar serão determinadas pelo crescimento da população e das rendas.

Segundo as estimativas do Banco Mundial, a renda por pessoa deverá aumentar de cerca de 2% ao ano nos próximos anos. Também neste ponto é importante notar que tal crescimento apresentará fortes disparidades, resultado de uma importante elevação nos países emergentes e uma estabilização ou um crescimento fraco nos países ocidentais.

O aumento da qualidade de vida entre 2009 e 2030* se repartirá da seguinte maneira:

  • + 515 % na Ásia
  • + 234 % na África
  • + 123 % no Oriente Médio
  • + 73 % na América Latina
  • + 2 % na Europa
  • – 5% na América do Norte

Associados ao crescimento demografico, estes dados terão um forte impacto sobre a demanda por proteínas animais, que deveria aumentar de 60% até 2040. Por outro lado, torna-se mais do que nunca necessário um forte investimento na inovação, para que o uso dos recursos matérias-primas se efetue da forma racional e que o footprint das práticas agrícolas diminua.

 

* Fonte : INED 2018, Quartz 2015 y ensaio “L’Avènement du Monde”